This is it… the moment I’ve been waiting for

quote 2
A quinta-feira passada foi o meu último dia de aulas, não só deste ano, como também da minha licenciatura. Por isso, posso dizer que já estou, teoricamente, de férias. Só não são férias na prática porque ainda tenho de passar pela época de frequências de Junho e, acima de tudo, ainda tenho de entregar o meu relatório de seminário no início de Julho (o que ainda me está e irá dar muitas dores de cabeça). O post de hoje, apesar de ser no mesmo modelo que os meus posts da rubrica – “desabafo“, vai acabar por ser uma espécie de retrospectiva dos meus três anos na Universidade.

Começando pelas partes positivas… Bem, melhor dito é mesmo uma única parte positiva – o facto de ter estado a fazer um curso na minha área de paixão. E pronto, é isso mesmo, o único aspecto positivo que eu retiro de toda esta experiência.

Das partes negativas, já há muito mais pano para mangas. De um modo generalista, infelizmente, porque para mim isto não é uma coisa boa, os meus três anos na Universidade foram igualzinhos aos meus três anos no Secundário. Isto não é uma boa coisa para mim porque foram três anos que também não correram assim tão bem. No 10º ano e no 1º ano do curso, parece que entrei num mudo novo, em que tudo parecia uma maravilha. E realmente até que ambos os anos correram assim bem. Depois chegou o 11º ano e o 2º ano do curso, e toda esta maravilha começou a desvanecer aos poucos, porque comecei a ver o que é que a “casa gasta” e estes não eram (e continuam a não ser) aspectos positivos. E, por fim, cheguei ao 12º ano e ao 3º ano do curso e já nada tem piada, realmente entendi que nunca houve maravilha nenhuma e acabei é só por querer que esta porcaria acabasse de uma vez por todas. Estes sentimentos revoltam-me porque o suposto era gostarmos destes três anos e, apesar dos bons momentos proporcionados, realmente não gostei a 100% desta experiência. A verdade é que os bons momentos que tive também nunca estiveram directamente relacionados com a universidade/curso. No entanto, o que uma das minhas melhores amigas me disse também é bastante verdade: tal como quando estava no Secundário, rapidamente comecei a ficar aborrecida com tudo à minha volta – as disciplinas, os meus colegas e muitos dos meus professores. E foi exactamente isso que me aconteceu quando comecei o 2º ano: aqui também cedo me fartei de umas quantas cadeiras (embora algumas tenham sido uma agradável surpresa), da grande maioria dos meus colegas (quer os do meu ano, como os do ano acima ou abaixo) e, essencialmente, de muitos dos meus professores (abençoados sejam as pouquíssimas excepções). Sinceramente, foram mais as vezes que senti que estava dentro de um “lobby” financeiro do que numa instituição universitária. E isto já para não falar do quão péssimo a minha faculdade funciona – mas este é um mal que todos nós, que andamos lá, sofremos.

Porém, é claro que, no final, nem tudo é mau. Eu continuo bastante contente porque fiz um curso que sempre quis e isto é (e será sempre) o meu sonho, mas estes foram mais três anos (a somar aos três anos do Secundário) de tortura mental/psicológica. Honestamente, só quero mesmo que esta etapa acabe para poder dar início a outra, que espero solenemente que me corra muito melhor.

No entanto, tudo isto tem uma parte cómica (bem pelo menos para mim): entre desistentes, desaparecidos, pessoas que chumbaram sucessivamente e quem esteja a fazer as cadeiras aos poucos porque é trabalhador, o meu ano começou com 40 alunos mas já só restamos uns 13-14 e, destes, apenas uns 8-9 vão acabar a licenciatura este ano. Não sei como é que é com os outros cursos, mas isto deve ser um novo recorde ou assim. E ainda mais giro é pensar que, destes cerca de 10 alunos que vão acabar este ano, muito provavelmente apenas 1 irá para o Mestrado. Eu adorava ser uma mosca para em Setembro/Outubro ver a cara dos meus profs. quando se aperceberem disto. Vão ficar com um “melão” gigante, como se costuma dizer. Mas honestamente só me apetece dizer-lhes – “é bem feita que é para aprenderem“.

12 thoughts on “This is it… the moment I’ve been waiting for

  1. Cátia Reis says:

    Os meus parabéns pela licenciatura! Boa sorte para a nova fase🙂
    Vinha convidar-te para passares no Haute Couture, a partir de amanhã reabrimos (abençoadas férias) e caso queiras ver por lá algum tema explorado, basta deixares um comentário! Beijinhos.

    Like

  2. cláudia pereira says:

    gostei muito do post. em parte, porque também eu terminei a minha licenciatura! agora já só me falta entregar um relatório de estágio, dia 13 deste mês🙂 boa sorte para ti!

    Like

  3. Ânia Morouço says:

    Parabéns querida, eu mal posso esperar pelo dia do meu último dia de aulas da minha vida (apesar de ainda faltar!) espero muito que encontres o emprego que te realize🙂

    Like

  4. Blackbird says:

    A parte final do teu texto lembrou-me o que também acontece na minha faculdade. Até ao 2º ou 3º ano (depende dos anos lectivos) existem duas turmas por cada ano curricular visto que se houvesse apenas uma seria enorme, com 100 e tal alunos. Às vezes a própria turma do primeiro ano é dividida numa sub-turma, tal é o número de alunos. No 4º ano os alunos que frequentam a faculdade já são suficientes para estar numa só turma. Não somos mais de 30 agora por isso percebo bem como isso é!
    E, tal como tu, também chegou uma altura em que me fartei, só queria acabar o curso de uma vez. Este semestre ando mais animada, pois já estou mesmo a acabar.
    Como estás numa área que gostas então, o mais provável, é também trabalhares nessa área portanto fico contente por ti!🙂

    Like

  5. Hibiscus says:

    Eu estou tipo tu, mas porque a minha turma é insuportável. Odeiam-se todos e depois fazem se de amiguinhos. Enfim, a verdade é que só quero é que acabe rápido esta etapa🙂

    Muitos parabéns.

    Like

  6. Barbirella says:

    Great quote! Respect those who try to tear you down, because they are the ones who think you’re better than them. Have a nice day dear!!🙂

    Like

  7. Audrey Deal says:

    Lembro me que no meu primeiro ano devíamos ser quase 200, nem metade chegaram ao fim no mesmo ano que eu:/
    Espero que as frequências te corram bem querida

    Like

  8. alexis says:

    Para além disso as vezes não tenho tempo, muito menos vontade para escrever…
    Muitos parabéns🙂 Espero que tudo te corra bem! O teu curso faz-me lembrar o meu em média por ano acabam a licenciatura 10 a 15 pessoas porque muitos desistem ou mudam de curso, ou então ficam mais um ano na universidade….

    Like

Say what's on your mind

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s