Desabafo #12

relax
O mês de Agosto está quase a chegar ao fim, o que significa que as minhas férias também estão quase a acabar. Se bem que, na realidade, nunca senti que estivesse propriamente de férias. Mesmo já com tudo terminado, a verdade é que o meu curso de licenciatura continuou-me a dar imensos problemas e preocupações, o que excluiu qualquer possibilidade de um verdadeiro descanso. Eu cada vez que penso mais nisto, mais tenho a certeza que nunca irei aconselhar alguém a ir para a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Nunca. Never. Jamais. Nem que as vacas tussam ou assim. É inacreditável a falta de organização e de profissionalismo que existe nesta faculdade. Cada vez que uma pessoa quer resolver um problema, por mais pequeno que seja, aparecem logo a seguir mais dois. Honestamente, não sei o que é que as pessoas da Secretaria/Serviços Educativos fazem durante o dia, mas trabalhar é que não é de certeza. E a parte gira é que as mulheres que lá trabalham têm uma má fama, mas uma má fama gigante que até é reconhecida pela Universidade toda. E isto já para não falar do nosso portal académico. O dia em que ele funcionar a 100% irá ser um milagre. Desde não funcionar como deve de ser durante a semana de matrículas (o que dificulta como é óbvio a inscrição nas cadeiras mais concorridas), até bloquear o acesso dos professores às pautas, o sistema informático tem problemas a toda a hora. Por causa deste mau funcionamento do sistema, por duas vezes, levou dias e dias para alguns dos meus professores conseguirem-nos dar as nossas notas. Acho que nem nos meus piores pesadelos, eu alguma vez pensei que fosse ficar tão farta desta faculdade, ao ponto de ter vontade de a ver pelos ares. Foram mais os problemas que arranjou, do que os bons momentos que proporcionou.

Enfim… Não era bem isto que eu queria escrever, mas ando com esta história entalada há meses e meses. Infelizmente estas não foram as férias com que eu estava a contar, mas espero solenemente que isto mude nas próximas 24h, porque realmente estou mesmo a precisar de descansar, e de encontrar qualquer coisa positiva que me alegre. Eu mencionei isto algures durante o início do ano, mas para quem não se lembra, eu tinha dito que não ia viajar este ano. No entanto, surgiu a oportunidade de o fazer, por assim dizer. E é basicamente isso que vai acontecer nos próximos dias. Não sei se vou conseguir ter acesso à internet, provavelmente não. E, por isso, vou deixar alguns posts agendados. Espero que vocês estejam a ter umas melhores férias.

Desabafo #11

erasmus
Ao longo dos meus três anos de Licenciatura pensei várias vezes na possibilidade de fazer Erasmus, o que nunca cheguei a fazer por dois motivos: um não vou discutir agora (por razões que daqui a uns dias virão a entender); e o outro é pelo facto de eu ter um curso muito peculiar, que não se assemelha com os que existem espalhados pela Europa. Eu sempre vi esta diferença como um grande “turn off” porque, se não houvesse maneira de eu ter equivalência às minhas cadeiras, eu teria de fazer quatro anos ao invés dos três. Nisto, pensei eu que até nem seria assim tão mau: fazia dois anos cá, um depois algures inserida no programa Erasmus (porque, pelo menos para mim, um semestre é pouquíssimo) e depois fazia o meu último ano cá. Honestamente, agora que penso nisto, ainda bem que me decidi por nunca fazer Erasmus. Primeiro, porque penso que tive sorte em ter os professores que tive nas cadeiras que fiz (ao longo apenas deste três anos, houve imensas trocas de professores), e o melhor era nem alterar muito isto. E segundo, porque quanto mais depressa tivesse o curso feito, mais depressa podia partir para outra. Agora para quem não tem estes “problemas” ou entraves, penso que é uma boa oportunidade.

Alguém fez ou está a pensar em fazer Erasmus?

Especial Regresso às Aulas #2014

Este ano o Especial Regresso às Aulas começa um pouco mais cedo. Basicamente, dentro de um mês as aulas irão começar, tanto para quem ainda está no ensino obrigatório, como também para quem já está no Ensino Superior. Pelo contrário, para mim, as aulas começam exactamente daqui a três semanas (nem acredito que falta tão pouco tempo). Este já é o terceiro ano em que faço esta rubrica, pelo que penso que já abordei os principais temas, nos anos anteriores. Por este motivo, vou deixar-vos aqui os links para os posts que já foram publicados.

Ensino Secundário Geral: 1
Ensino Secundário Dicas: 1 / 2 / 3

Ensino Superior Geral: 1
Ensino Superior Dicas: 1 / 2 / 3 / 4

Métodos de estudo: 1
Testes de consulta: 1
Relatório de seminário: 1
Apontamentos: 1

Educação Física: 1
Cuidados de saúde: 1

Material escolar: 1 / 2
Organização em tempo de aulas: 1 / 2

Espero que estes posts vos sejam úteis. Há que ter em atenção que alguns destes posts foram feitos em 2012 e 2013. O que está escrito não se altera, apenas alguns pormenores. E quando falo nestes pormenores estou-me a referir aos posts que têm links para produtos específicos.

Entretanto, se tiverem alguma sugestão, é só deixarem nos comentários.

30 Day Music Challenge #15

A song that is a cover by another artist…

Há imenso tempo que eu não publico um destes posts. Admito que entretanto esqueci-me que estava a fazer este desafio. Por isso, peço desculpa. Como eu já referi noutros posts, eu sei que é suposto só escolhermos uma música mas, às vezes, não é assim tão simples escolher apenas uma. Por isso, hoje trago-vos dois dos meus covers favoritos. Eu nunca gostei da “Don’t Stop the Music” até ao dia em que ouvi o Jamie Cullum cantá-la ao vivo no seu concerto, no Coliseu de Lisboa. E eu ouvi a “Somebody I Used To Know”, pela primeira vez, como um cover, mas não este. Porém, este é o meu cover favorito desta música. Algumas vezes, os covers conseguem ser melhores que as músicas originais e, para mim, estes dois casos são óptimos exemplos disso.


I haven’t published one of these posts in ages. I admit I kinda forgot I was doing this challenge. So sorry about that. As I’ve said in other posts, I know we’re only suppose to choose one song but sometimes is not that easy choosing just one. So today I bring you two of my favourite covers. I never liked “Don’t Stop the Music” until the day I heard Jamie Cullum sang it live in his concert at Coliseu de Lisboa. And I first listened to “Somebody That I Used To Know” as a cover, not this one. However this is my favourite cover of that song. Sometimes, covers can actually be better than the original versions, and for me these two cases are perfect examples of that.

Que canção é que escolheriam? | Which song would you choose?

I wanna drown my sorrows #The Gospel Tour

The Gospel Tour
I’m not exactly sure why suddenly I want to see all these different concerts, but this has kinda become my main wish these past months. I’ve never been a huge fan of concerts – too overcrowded for my taste – and I’m still not sure how I feel about them, but there’s a couple of bands/artists that would be an exception. I’m still not over the fact that I didn’t go to this year’s Optimus Alive. How I wished I could have seen some bands like “Imagine Dragons”, “The Lumineers” and “Bastille”. Actually, I watched the concerts of the first two bands – thank god for those livestreams – but it wasn’t the same. It’s just a shame that I could only watch the first two songs of Bastille’s concert.

And there’s another exception (or shall I say two): “Panic! at the Disco”. I listened to them all the time when I started high school. God knows why I stopped listening to them. And now my passion for them is back. I can’t imagine how awesome they must be live, especially performing their new songs – which by the way are totally amazing and beautiful. Right now they’re touring in the United States, alongside with “Walk the Moon” and “Youngblood Hawke”. During the first half of this tour, the open act is being done by “Walk the Moon”, whereas “Youngblood Hawke” will be performing during the second half of the tour. I don’t know this band but I’m looking forward to the moment where I can see “Walk the Moon” perform live. Not sure if it will ever happen again. I saw them back in October 2012 and since then I’ve been wanting to see them again. At that time, they were the opening act for Fun’s European Tour. So, a concert with “Panic! at the Disco” and “Walk the Moon” would be the perfect occasion to spend some money on concert tickets. And with this concert I would kill two birds with one stone. Right now, because of this concert, I wouldn’t mind living in the USA.

P.S.: it’s official. I’ve graduated. Yes, yes. Finally I have all my grades. And finally I can ask for my certificate. And finally I’m free.