My 2016 in Movies #2

Este ano sinto que estou muito mais inclinada para ver séries ao invés de filmes, o que é basicamente aquilo que acontece comigo durante todos os anos académicos. Se calhar é porque cada episódio dura, em média, uns 45 minutos; se calhar é porque se consegue ver uma maior diversidade de enredos, devido ao elevado número de séries que acompanhamos. De qualquer, parece que é bem mais fácil estar atenta a uma série do que a um filme. Mas qualquer tipo de férias que tenha é sempre suficiente para eu alterar um pouco este padrão. Estes foram os últimos filmes a que assisti.

This year I have been more inclined to watch tv shows instead of films, which is basically what happens with me during any academic year. Maybe it’s because each episode only lasts an average of 45 minutes; maybe it’s because we can see a great diversity of plots due to the amount of shows one follows. Either way, it feels easier to pay attention to a show than to a film. However, any kind of break from university is sufficient for me to change this pattern. These are my latest watched films.

AllegiantGenre: Action | Adventure | Mystery
Year: 2016
Director: Robert Schwentke
Tomatometer: 12%
My rating: ★★★

Eu não concordo necessariamente com o facto de estes livros e filmes serem sempre comparados uns com os outros, mas a verdade é que não pude deixar de fazê-lo enquanto via este filme. Eu sou da opinião de que há vários detalhes que podem ser comparados com os livros de “The Hunger Games”. Eu sei que as pessoas encontram a sua inspiração em coisas que já foram feitas ou escritas, mas isto não deixa de ser uma grande desilusão quando estamos a falar de livros e filmes. Apesar de eu não ter visto o segundo filme desta saga, eu achei que o enredo deste terceiro filme era muito semelhante ao do primeiro. Aliás, aquilo mais parecia que eu estava a ver, outra vez, o mesmo filme mas desta vez os vilões tinham caras diferentes. Apesar das várias falhas que eu acho que este filme tem, ele não deixa de ser agradável e de servir como uma forma de entretenimento, o que no final do dia pode ser o necessário para ver este filme num fim-de-semana mais relaxado.

I don’t necessary agree with the fact that these novels and films must all be compared amongst each other but I couldn’t help doing it while I was watching this film. I think that there are a lot of details that can be compared to “The Hunger Games“. I do know that people find their inspiration in things that have already been done, but this is still such a let down when it comes to books and films. Even though I didn’t watch the second film of this series, I found that this third instalment’s plot was really similar to the one from the first film. I actually felt like I was watching the same film all over again but this time the bad guys had a different face. Despite the many flaws that this film has, it is still enjoyable and entertaining, which at the end of the day may be all we need to watch it over a relaxing weekend.

The MartianGenre: Adventure | Drama | Sci-Fi
Year: 2015
Director: Ridley Scott
Tomatometer: 92%
My rating: ★★★★

Eu gostei bastante deste filme apesar de eu ter passado uma boa parte do mesmo a desesperar por saber o que iria acontecer à personagem principal. Não que este filme seja aborrecido ou demasiado lento, mas ele mexe um bom bocado com os nossos níveis de adrenalina. Eu não acredito que este filme seja muito cientificamente correcto, mas não deixa de ser um bom filme, com alguns efeitos especiais (visuais e sonoros) muito bons. Por acaso até há algumas cenas que não são propriamente coerentes, mas por uma questão de entretenimento acho que podemos ignorá-las. Eu sei que já disse que este é um bom filme, até com uma prestação muito boa por parte do Matt Damon, mas honestamente penso que as suas nomeações para os últimos Oscars não valeram muito a pena.

I really enjoyed this film despite the fact that I was dreading to find out what would happen to the main character. Not that the film is boring or too slow-paced, but it does sort of mess with your adrenaline levels. I believe that this film isn’t exactly scientifically correct but it is still a pretty good film with some very good visual and sound effects. There are actually some scenes that weren’t quite coherent but for the sake of entertainment I guess we can overlook them. I know I’ve said that this is a good film, with a pretty good performance from Matt Damon, but in all honesty I don’t think its nominations for the latest Oscars were that worth it.

EverestGenre: Adventure | Biography | Drama
Year: 2015
Director: Baltasar Kormákur
Tomatometer: 72%
My rating: ★★★★

Eu tenho de começar esta crítica com a música de abertura do filme, que é linda e bastante calma. Apesar do facto deste filme ter um enredo trágico, eu penso que esta música até que foi a escolha perfeita para a sua introdução. Este filme até pode não merecer os prémios mais elevados da indústria cinematográfica, mas não deixa de ser um filme mesmo muito bom. Contudo, eu achei que a sua primeira parte foi, talvez, um pouco lenta de mais. Eu sei que é preciso construírem bem a história até ela atingir o seu climax, mas achei que algo poderia ter sido feito para evitar esta sensação de dormência, no entretanto. Porém, a segunda parte desta filme foi simplesmente brilhante; ela tem algumas das melhores prestações de todo o filme, e os seus produtores mostraram um muito bom domínio de técnicas de CGI. Apesar de algumas falhas, especialmente durante a sua primeira parte, vale definitivamente a pena ser visto.

I gotta start this review by saying that the opening song is just so beautiful, peaceful and soothing. Despite the fact that this film has a tragic plot, this song was actually a perfect choice for its introduction. It might not be an award-winning film but it believe it is still a pretty good one. However I did find its first half to be somewhat too slow-paced. I know they needed to build up the story to its climax but something could have been done to avoid this sort of numbness in between. However the second half of the film was brilliant made; it has some of the best performances of the film and they showed a really good CGI mastery. Despite being flawed, especially during the first half, it’s definitely worth watching.

The Hateful EightGenre: Crime | Drama | Mystery
Year: 2015
Director: Quentin Tarantino
Tomatometer: 75%
My rating: ★★★★

Eu penso que este é um daqueles filmes que ou se gosta ou não se gosta; provavelmente não há um meio-termo aqui. As primeiras observações sobre este filme têm de ir obrigatoriamente para a sua banda sonora – o Ennio Morricone fez um trabalho excelente neste filme e o seu talento não poderia ser mais merecedor de um Oscar. E depois tenho de dar os parabéns a quem quer que tenha sido responsável pelas filmagens das paisagens, que estão qualquer coisa de fenomenais. Em relação ao elenco, eu penso que as prestações foram todas muito boas, contudo nada de por aí além. Mas isto tudo com uma excepção: a Jennifer Jason Leigh que teve uma prestação fantástica neste filme. Eu atrevo-me mesmo a dizer ela roubou a atenção de todos em toda e mais alguma cena em que ela participava activamente.

I think this is one of those films that you either like it or you don’t like it; there’s probably no in between here. The first remarks about this film gotta go to its soundtrack – Ennio Morricone really did an amazing job in this film and his talent couldn’t be more worth of an Oscar. Then I gotta congratulate whoever was in charge of the scenery shots because they were all beautiful. As for the cast, I believe they all had solid performances but nothing out of the ordinary y’know. But there’s an exception, Jennifer Jason Leigh, who performed brilliantly in this film. I’d say she actually stole the show in every single scene she was actively in.

The Man from UNCLEGenre: Action | Adventure | Comedy
Year: 2015
Director: Guy Ritchie
Tomatometer: 68%
My rating: ★★★★

As minhas expectativas em relação a este filme eram consideravelmente altas, considerando alguns comentários que fui lendo previamente e alguns vídeos que já tinha visto, por isso estou bastante satisfeita pelo facto de este filme não me ter desapontado. Algumas partes do seu enredo e algumas cenas até que são um pouco cliché e um tanto ou quanto previsíveis, mas penso que, no geral, este até é um filme muito bom. É um filme cheiro de acção, mas uma acção um pouco leve, por isso suficiente para convencer aqueles que não gostam tanto deste género. E acima de tudo, este filme tem um monte de cenas divertidas, o que facilmente aumenta o seu grau de “likability”. Dois dos aspectos mais positivos deste filme são a sua banda sonora e cinematografia – o que me fez e muito querer viajar para os anos 60, especialmente pelas suas músicas e roupas.

My expectations towards this film were pretty high considering some comments I had read before, and some clips that I had seen, so I am really glad that this film didn’t disappoint me at all. Some parts of its plot and some scenes are a bit cliché and somewhat predictable, but I think in general this is a really good film. It is a film full of action but a sort of lighter kind of action. And above all, it has a good amount of funny scenes, which definitely enhance its likability. Two of the major positive features of this film are its cinematography and soundtrack – it actually makes you wanna experience the 1960s just for its music and clothes.

Já viram algum destes filmes? O que é que acharam? | Have you seen any of these films? What did you think about it?

2 thoughts on “My 2016 in Movies #2

  1. Miguel says:

    Olá querida😀
    Sim, peças como camisas acabam por ser sempre a chave e quando usadas com uma blusa de alças por baixo ficam um amor. Além de que não deixam evidenciar tanto!
    Também achei a coleção Wang incrível pelo conceito e pelos tons neutros. Sem dúvida que “lá fora” é tudo muito mais simples e não existem tantos complexos!

    A coelção da Pull já não me atrai muito na medida em que já não me identifico tanto. Contudo e, pontualmente, algumas peças valem bem a pena!

    Cada vez que vejo estes vossos posts de filmes/séries e afins, fico a morrer de inveja e sinto necessidade que os meus dias tenham 48h. A falta de tempo e de paciência faz com que perca grades filmes e que, com eles, perco algum ensinamento.😛 Mas pronto, não se pode ter tudo😛

    NEW DECOR POST | Be Welcome, dear Spring
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me😀

    Like

Say what's on your mind

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s