ERA: Mochilas para a Escola ou Universidade

Eu não estava a pensar fazer posts para o Regresso às Aulas deste ano, visto que já publiquei um número considerável de posts em anos passados – podem ver esse masterpost aqui. Mas com a minha nova paixão por mochilas, lembrei-me de escrever mais um post para adicionar a esta lista. Enquanto estive nos Países Baixos apenas usei pequenas malas para saídas à noite e afins, pelo que ia para a universidade sempre com uma mochila. A mudança de uma mochila para uma mala é talvez umas das mudanças que mais se verifica na transição da escola para a universidade. Contudo, continuam a existir muitas pessoas que optam por manter as suas mochilas.

Na altura de escolher uma mochila (ou mala) para usarmos para a escola ou universidade é importante ter em consideração a quantidade de material que vamos levar connosco. O número de manuais escolares para o ensino obrigatório continua a ser considerável, pelo que os modelos clássicos continuam a ser uma óptima opção. E até mesmo para a universidade quando é necessário transportar o nosso portátil, apontamentos e/ou livros ao mesmo tempo.

era_mochilas (1) era_mochilas (2)
No entanto, optar pelos modelos mais clássicos não requer optar por modelos mas aborrecidos. Não só as mochilas têm cada vez mais formatos diferentes e originais, como também têm um número cada vez mais diversificado de cores, padrões e texturas. Os exemplos das imagens acima constituem, por um lado, um elemento necessário para o nosso dia-a-dia como estudantes, e por outro lado, um acessório.

Apesar de serem vistas como uma peça menos “in” para se usar na universidade, o uso de mochilas acaba por ficar em segundo plano. Contudo, as mochilas proporcionam uma maior estabilidade no transporte de material para escola e universidade, uma vez que o peso é suportado pelas nossas costas, e não recai, pelo contrário, apenas num braço. No entanto, há que ter em atenção que não se deve abusar do poder de arrumação que as mochilas têm. Peso excessivo em mochilas acaba por ter o mesmo efeito negativo que levar tudo apenas num braço.

Apesar de continuar a adorar malas, sinto que a minha atenção é cada vez mais puxada em direcção às mochilas. E nos últimos tempos tenho andado a namorar a mochila com um padrão floral da Springfield, que podem ver na imagem acima.

7 thoughts on “ERA: Mochilas para a Escola ou Universidade

  1. Cátia Reis says:

    Olá querida, já andei para aqui a ler os teus posts todos…precisei de tirar uma semaninha para recuperar energias e apanhar muito sol!🙂
    Apesar de não costumar usar mochilas na faculdade (optei sempre por malas de um ombro grandes), este verão fui adquirindo algumas mochilas que vou usar este ano no estágio e na elaboração da tese. Como não tenho aulas, vou andar menos carregada e vou optar por descansar as minhas costas (que já não são grande coisa) e andar mais confortável.
    Beijinhos, obrigada por estas dicas!

    Like

    • Maria says:

      A nível de aulas e outros aspectos do mesmo género, eu penso que seja tudo igual. O tratamento que os professores derem deverá ser o mesmo. Por isso penso que a única grande diferença é mesmo o horário. Nos cursos normais por assim dizer podes ter aulas das 8h às 22h (dependendo da tua faculdade); mas nos cursos pós-laborais (à noite), penso que as aulas sejam todas depois das 16h/18h. Eu como nunca tive contacto com cursos ou alunos de pós-laboral não consigo responder melhor à tua pergunta.

      Agora no que diz respeito às faltas. É uma questão um pouco complicada. Existem faltas e há até mesmo professores que exigem a presença em 75% das aulas, o que significa que apenas se pode faltar uns 5 a 6 vezes. No entanto depois há professores que não querem saber se vamos às aulas ou não. Há professores que passam folhas de presença e há professores que não verificam quem vais às aulas. Penso que é suposto irmos sempre a 75% das aulas, e enquanto que há professores que têm isto em conta, há outros que não querem saber deste número. Esta é uma questão que depende muito do professor da cadeira e, normalmente, é algo que eles discutem com os alunos no primeiro dia de aulas (embora nem sempre seja explícito qual é que é a posição de alguns professores em relação às faltas).

      Espero que estas tenham sido boas respostas. Caso não tenha sido muito clara, é só dizeres. E caso tenhas mais dúvidas é só colocares na seccção de comentários do blog. Entretanto, tens este conjunto de posts sobre o regresso às aulas, que inclui informações sobre o Ensino Superior: https://fashionskribo.wordpress.com/2015/08/02/especial-regresso-as-aulas-20152016/

      Like

      • toni says:

        Quer dizer que o horário pós laboral começa entre as 16h e as 18h nunca mais tarde?
        obrigado pelas informações é que eu não estudo desde o 12 ano e tenho trabalho mas ando a ver se será possível estudar a noite só que a informavao na net é pouca

        Like

        • Maria says:

          Penso que o normal será a partir mesmo das 18h. Eu honestamente conheço muito pouco sobre o ensino pós-laboral. Sei que o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (que dantes era da Uni Técnica de Lisboa e que agora é da Uni de Lisboa) tem cursos pós-laborais. Deixo-te aqui o link do horário do primeiro semestre de um dos cursos (Gestão de Recursos Humanos) para teres uma ideia das horas das aulas: http://www.iscsp.ulisboa.pt/images/stories/horarios_licenciatura/horario_grh_1semestre.pdf

          Eu não conheço muitas mais instituições com cursos pós-laborais, para além deste Instituto e do Instituto Politécnico de Leiria. O site da DGES deveria ter mais informação sobre isto, mas infelizmente em poucos minutos não consegui encontrar nada. À partida os sites destes institutos poderão dar-te alguma informação sobre este género de cursos.

          O que aconselho é demoroso mas se calhar a única hipótese viável, visto que a informação parece ser mesmo escassa na net. O site da DGES tem “motores de busca de cursos”, por isso a minha sugestão era ir vendo universidade a universidade (os seus sites), daquelas em que se tenha interesse, e ver quais delas oferecem cursos pós-laborais.

          Lamento não servir de grande ajuda nesta questão, mas estes cursos são mesmo algo de que eu tenho pouco conhecimento, pois nunca lidei muito com esta situação. Espero que consigas encontrar algo que dê para conciliar com o teu emprego.

          Like

  2. alexis says:

    Eu quando entrei para a universidade tive uma queda que me deixou um bocado mal das costas, por isso para mim era impensável naquela altura usar malas por isso acabei por usar a minha mochila velhinha, uma da eastpack, que dura ainda hoje. Gosto muito daquele modelos “inovadores” que mostraste e queria uma daquele género!

    Like

Say what's on your mind

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s