FashionSkribo apresenta… “Transcendence”

Nos primeiros meses de cada ano, a concentração de bons filmes (por assim dizer, pois este é um aspecto altamente subjectivo) é relativamente pouca, por isso é que trago-vos poucas vezes esta rubrica. É certo que podia ter apresentado outra sugestões entretanto, de algumas sequelas, mas achei por bem não fazê-lo, pois ainda nem vi os primeiros. A verdade é que tenho sempre imensos filmes para ver, que vão passando de ano para ano. Para mim, a sugestão cinematográfica que vos trago tem não só um enredo interessante, como um elenco com muito bons actores.

Transcendence_movie poster
Dr. Will Caster é o mais notável investigador no campo da Inteligência Artificial, que se encontra a trabalhar para criar uma máquina sensível, que combine a inteligência colectiva de tudo alguma vez conhecido com toda a gama de emoções humanas. As suas experiências altamente controversas tornaram-no bastante famoso, mas estas também fizeram dele o principal alvo de extremistas anti-tecnologia, que irão fazer de tudo para o parar. Contudo, na sua tentativa para destruir Will, eles acabam por se tornar no catalisador para que Will tenha sucesso – ser um participante na sua própria transcendência. Para a sua mulher, Evelyn, e o seu melhor amigo, Max Waters, ambos investigadores e seus colegas, a questão não é se eles podem… mas sim se eles deviam. Os seus maiores medos realizam-se quando a sede de Will por conhecimento evolui para uma missão omnipresente de procura de poder. A única coisa que se está a tornar assustadoramente clara, é que poderá não haver maneira de o parar.

Realizado por Wally Pfister (“Batman Begins“, “The Dark Knight”, “Inception” e “The Dark Knight Rises“), “Transcendence” conta com a participação de Johnny Depp (“Chocolat“, “Pirates of the Caribbean” film series, “Public Enemies” e “The Imaginarium of Doctor Parnassus“), Morgan Freeman (“Street Smart“, “Driving Miss Daisy“, “Million Dollar Baby“, “Invictus” e “Now You See Me“), Rebecca Hall (“Vicky Cristina Barcelona“, “The Town“, “The Awakening” e “Iron Man 3“), Paul Bettany (“A Beautiful Mind“, “Wimbledon“, “The Da Vinci Code“, “Inkheart“, “Creation” e “Priest“), Kate Mara (“24“, “House of Cards“, “Brokeback Mountain“, “Shooter” e “The Open Road“), Cillian Murphy (“28 Days Later“, “Batman Begins“, “The Dark Knight“, “Inception“, “The Dark Knight Rises” e “Breakfast on Pluto“), Cole Hauser (“High Incident“, “2 Fast 2 Furious“, “The Hit List” e “Olympus Has Fallen“), Clifton Collins Jr. (“Capote“, “Babel“, “Scott Pilgrim vs. The World” e “Pacific Rim“), Cory Hardrict (“Gran Torino“, “He’s Just Not That into You“, “The Day” e “Lovelace“), entre outros.

Transcendence_movie picture
Transcendence” estreia hoje nos Estados Unidos da América (18 Abril); aliás, esta é a sua estreia mundial. Para Portugal, a estreia deste filme está prevista para o próximo dia 1 de Maio.

As informações foram retiradas dos seguintes sites: movieweb.com, en.wikipedia.org e imdb.com.

Quem é que tem curiosidade em ver este filme?

6 thoughts on “FashionSkribo apresenta… “Transcendence”

  1. Raquel Dias da Silva says:

    Em CC podemos seguir: Jornalismo, Cinema e Televisão, Comunicação Estratégica e Cultura e Artes. Podemos fazer cadeiras de várias áreas (o aconselhável é fazer de apenas duas), mas quando acabamos a licenciatura somo licenciados em Ciências da Comunicação, na vertente escolhida, que no meu caso será exactamente jornalismo.
    O Espalha Factos é um editorial online com cada vez mais potencial e uma equipa cada vez melhor, graças aos últimos recrutamentos. Foi criado em 2005, mas penso que só este ano começou realmente a ter impacto e estou muito orgulhosa de ter entrado na altura certa. Tenho aprendido imenso e a isso devo-o a todos aqueles com quem trabalho, em especial aos meus editores. É uma experiência absolutamente fantástica e espero que cada vez tenhamos mais seguidores e, sobretudo, fãs.
    Acho que a Mariana Cáceres é um prodígio. Gosto da linha que ela seguiu no seu trabalho: é irreverente, é original, é única, é fresca e tem alma e coração. Ela conta histórias através das suas ilustrações e penso que muito dos elementos que incorpora, como os barcos e a presença da natureza e mesmo a inexpressividade do rosto (que paradoxalmente expressa mais do que aquilo que poderíamos imaginar à primeira vista), têm alguma razão de ser, embora ela não pense muito nisso. Porque a ilustração é uma extensão do artista e tudo o que ela desenha é uma extensão dela, acredito que o inconsciente lhe dê uma ajuda no campo do simbolismo.

    Like

  2. Raquel Dias da Silva says:

    Não me lembro muito de Londres, era mesmo muito pequena, ainda nem o meu irmão mais novo tinha nascido. Mas este verão vou passar uma ou duas semanas a Londres. Mal posso esperar. Talvez essa se torne a viagem, embora tenha gostado mesmo muito de estar em santarém e ainda guardar as memórias com o máximo carinho.

    Já não vejo filmes, muito menos no cinema há imenso tempo. Infelizmente.

    Like

  3. Audrey Deal says:

    Eu tenho imensa curiosidade não só porque sou uma grande fã do actor, mas também porque já tinha visto o cartaz e despertou-me imensa vontade de o ir ver!

    Like

Say what's on your mind

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s