A minha experiência: tatuagem

Como já tinha mencionado num post há uns meses, eu tenho uma tatuagem no meu pulso esquerdo. É verdade que qualquer tatuador irá vos dizer o que fazer, mas penso que informação nunca é demais. Até porque me tinham pedido para mostrar a minha tatuagem, decidi que podia partilhar como é que eu cuidei dela durante os primeiros tempos. Antes de começar a descrever o processo, quero deixar claro que devemos seguir aquilo que o tatuador nos disser, até porque muitas das vezes, cada tatuador transmite o seu próprio processo de tratamento de uma tatuagem. Contudo, é sempre bom saber a experiência de outros, para o caso de nos aparecer algum dúvida súbita.

Como podem ver pela imagem abaixo, eu já tenho a minha tatuagem há cerca de 3 meses, pelo que, por esta altura, ela já está perfeitamente cicatrizada. E é nesta perspectiva que devemos encarar uma tatuagem. Para todos os efeitos, uma tatuagem é como uma normal ferida, que precisa de cuidados específicos para cicatrizar bem. Assim, deixo-vos aqui alguns aspectos importantes no que toca ao tratamento de uma tatuagem:

  • lavar a tatuagem com sabão natural e secá-la com cuidado para a não danificar
  • não se deve tomar banho em piscinas ou expôr a tatuagem ao sol, durante as primeiras duas semanas após a sessão
  • evitar o uso de roupas apertadas na zona da tatuagem enquanto esta cicatriza
  • nunca se deve coçar a tatuagem enquanto esta tem uma crosta
  • aplicar pomada cicatrizante (Bepanthene-Ungento) 5 a 6 vezes diárias, durante 15 a 20 dias
1 semana depois (Abril): a pele está brilhante porque tinha acabado de colocar creme na tatuagem e nota-se já alguns bocados da crosta a soltarem-se

1 semana depois (Abril): a pele está brilhante porque tinha acabado de colocar creme na tatuagem e nota-se já alguns bocados da crosta a soltarem-se e zonas em que já não há costa, como é o caso do “a”.

Duas horas após eu ter feito a tatuagem, retirei o penso que tinha sobre ela e lavei-a com água quente e, depois, água fria. A seguir, apliquei-lhe a pomada. Uma vez que não podia expôr a tatuagem ao sol, andei sempre com camisolas de manga comprida mas que fossem largas o suficiente para não me apertarem o pulso e, para não sujar as camisolas (porque a pomada é bastante gordurosa) utilizei uma ligadura de rede elástica para que a pomada não passasse para a roupa.

Dentro de, aproximadamente, duas a três semanas a tatuagem deve estar completamente cicatrizada. Mas para garantir que ela ficava bem cicatrizada, eu fiz o tratamento durante quatro semanas, ou seja, durante um mês. As reacções que se tem ou não se tem à tatuagem dependem muito da pessoa. Ela nunca me doeu nem a zona ficou avermelhada, mas sei de casos que sim. A tatuagem ao princípio pode não dar comichão, mas quando o processo de cicratização começar ela irá dar alguma comichão. Mas nunca esquecer que não devemos coçá-la.

Tal como faríamos para uma ferida normal, a tatuagem não deve entrar em contacto com certos elementos: água de piscinas, água quente (quando a lavarem usem água morna-quase-fria), cremes com perfumes, entre outros. E como qualquer ferida, quando ela começa a cicatrizar, uma crosta irá formar-se. Ora, esta crosta irá começar a cair, aos poucos, por isso nunca retirem pedaços dela, sob pena de danificarem a tatuagem.

Ao fim do primeiro mês, porque a tatuagem já está totalmente cicatrizada, se tiver sido tudo bem feito, já não é necessário continuar com este processo. No entanto, a tatuagem vai continuar a precisar de ser tratada. Em vez de usarem a pomada ou creme que vos foi recomendado, podem usar um creme hidratante normal; o mesmo creme que usarem para hidratar o corpo. E, por último, porque agora a tatuagem já pode estar exposta à radiação solar, devem meter sempre protector solar na zona onde está a tatuagem.

Se tiverem alguma questão é só colocarem.

14 thoughts on “A minha experiência: tatuagem

    • Maria says:

      Olá. Honestamente, não sei. Eu já fiz a minha tatuagem há coisa de dois anos, pelo que já não me lembro como é que a minha estava quando a crosta começou a sair. Algumas tatuagens podem perder a cor, por isso pode ser esse o caso. Mas como não sei mesmo, se calhar para ficares mais descansada, podes perguntar no sítio onde fizeste a tatuagem. De certo que eles te poderão dar uma resposta mais segura que a minha.

      Like

  1. Sweet woman says:

    É mesmo.
    Sim, para mim já o ano passado foi assim, é incrível, parece que passam apenas dois a três meses e no final de contas já passou um ano letivo inteiro.
    Sim, claro que o facto de fazeres algo de que gostas ajuda muito nisso, especialmente o facto de estares a estudar algo de que gostas realmente, isso é importante, porque no final de contas o estudo é o que te ocupa mais tempo agora, então quanto mais agradada e entusiasmada te encontrares perante o que fazes, melhor.
    Compreendo-te, mas é natural, porque não é algo a que estejas habituada, mas vais ver que se fores tentando registar uma ou outra viagem acabas por tornar isso num hábito.
    Gosto da tatuagem, especialmente da sua simplicidade. Acho que este post é muito útil para quem pretende fazer uma tatuagem futuramente.

    Like

  2. ester says:

    Nunca fiz nenhuma tatuagem mas gosto e aprecio muito! Gostei da tua, gosto da caligrafia.
    Acho que este teu post irá ajudar muitas pessoas que estejam a pensar em fazer.

    Giveaway Persunmall❤ SHE WALKS Blog

    Like

  3. Raquel Alexandra says:

    Para quem é muito branco como nós as duas, convém sairmos de casa sempre com um protector solar na mala e uma garrafa de água fresca também dá jeito para não desidratarmos, mas admito que me esqueço de o fazer na maior parte das vezes.
    É complicado organizares tantas fotografias, mas as da França vai mantendo-as organizadas, porque os teus leitores (o que me inclui a mim) querem imenso acompanhar-te nessa tua futura aventura arqueológica.
    Eu aprendi a minha lição o ano passado quando vi os critérios de filosofia, ia-me dando um fanico e no fim tive 17,8. Foi rídiculo, só que desta vez eu tenho medo de não ter sorte. Mas não devia pensar nisso porque o que está feito está feito.
    Acho a tua tatuagem simples e com significado. Mas deixou-me a pensar num trocadilho do estilo “carrie on”, uma vez que estava a dar o Sexo e a Cidade na televisão.
    Beijinhos

    Like

  4. Filipa says:

    Acho que esclareceste muito bem as dúvidas, desconhecia que eram necessários tantos cuidados!
    Mas é muito simples e muito bonita, gosto muito😀

    Like

  5. Inês - Fashion Brand says:

    Quando fizer 18 anos vou também fazer uma tatuagem, mas na parte de cima das costas (ainda não está bem definido o que será), mas também gostava muito de fazer no pulso e no tornozelo🙂
    A tua é super gira, eu já tinha pensado em fazer no pulso parte da letra (coisinha pequena) de uma música e que tivesse significado…

    Like

  6. Sweet Stuff says:

    Oh adorei a tua tatuagem, tão simples mas tão linda! Gostei especialmente do “tipo de letra” utilizado🙂
    A minha única pergunta é somente em questão à dor, se te doeu muito e se o tatuador te informou se haveria algum risco de a agulha “acertar” em alguma veia ou algo do género.

    Like

Say what's on your mind

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s