FashionSkribo apresenta… “The East”

Quase em compensação pela minha ausência, hoje publico dois posts. Pelo que já tenho vindo a fazer desde o início do blog, não é muito normal eu publicar mais do que um post deste rubrica por dia, especialmente ainda na primeira metade de um ano. Em continuação do post anterior já publicado, apresento-vos agora mais uma sugestão de um filme. Não sei como serão as minhas próximas semanas, suponho que com muito pouco tempo livre, mas vou tentar manter o blog actualizado com posts agendados.

The East_movie poster
The East” é um thriller provocativo de espionagem. Sarah Moss, antiga agente do FBI, está a começar um nova carreira em Hiller Brood, uma empresa de segurança interna privada que, impiedosamente, protege os interesses da sua clientela corporativa. Foi-lhe atribuída a missão de se infiltrar numa organização anarquista, designada como The East, conhecida por executar ataques secretos contra grandes corporações, culpadas de encobrir a actividade criminosa. Determinada, altamente treinada e cheia de recursos, Sarah logo se integrou dentro do grupo, superando as suspeitas iniciais, e juntou-se a eles na sua primeira acção. Mas vivendo em estreita colaboração com os membros, intensamente comprometidos, do grupo The East, Sarah encontra-se dividida entre estes dois mundos, numa altura em que ela se começa a conectar com o anarquista Benji (por quem se apaixonada) e com o resto da organização; sendo despertada para as contradições morais da sua vida pessoal.

Realizado por Zal Batmanglij (“Sound of my Voice”), “The East” conta com a participação de Brit Marling (“Another Earth”, “Sound of my Voice” e “Arbitrage”), Alexander Skarsgård (“True Blood”, “Melancholia” e “Battleship”), Ellen Page (“Juno”, “Inception” e “To Rome with Love”), Toby Kebbell (“Prince of Persia: the Sands of Time”, “The Conspirator” e “War Horse”), Shiloh Fernandez (“United States of Tara” e “Red Riding Hood”), Julia Ormont (“The Curious Case of Benjamin Button”, “Temple Grandin” e “My Week with Marilyn”), Patricia Clarkson (“The Station Agent”, “Pieces of April” e “Easy A”), Jason Ritter (“The Dreamer of Oz: The L. Frank Baum Story” e “Parenthood”), entre outros.

Uma vez que o filme já estreou durante o 2013 Sundance Film Festival, existem algumas críticas que já foram publicadas. Segundo “The Wall Street Journal”, neste festival o filme recebeu “fortes críticas”. Até ao momento, o filme encontra-se com uma classificação de 74% no site de críticas – rottentomatoes -, baseada em 19 críticas.

The East_movie picture
The East” estreia hoje (31 Maio) nos Estados Unidos da América. No entanto, ainda não há nenhuma data prevista para a sua estreia em Portugal; até porque, até ao momento, existem poucas datas de estreias para este filme.

As informações foram retiradas dos seguintes sites movieweb.com, en.wikipedia.org e rottentomatoes.com.

Quem é que tem curiosidade em ver este filme?

8 thoughts on “FashionSkribo apresenta… “The East”

  1. Sweet woman says:

    Este filme agrada-me, aliás a capa por si só já me deixa muito curiosa o que não é muito comum, normalmente acontece mais com o trailer do que com a capa em si. Gostava de vê-lo!

    Like

  2. Dany says:

    não faz mal querida. Pode ser que ainda venhas a ter outra oportunidade e aí nao a deixes fugir ( nao consegui comentar no outro post) beijinhos*

    Like

  3. Raquel Alexandra says:

    Acho que com 18, muitos mais novos, não estamos ainda preparados para escolher aquilo que vamos fazer o resto da vida, mas desde que estejamos conscientes disso e que escolhamos algo de que gostamos, porque se gostamos de algo não deixaremos de gostar, mesmo se deixarmos de pensar que é aquilo que queremos fazer para sempre, então ficamos mais tranquilos. Já sabes que mestrado vais fazer?
    Eu acho que vou ter que pedir ajuda à minha mãe para fazer um plano de estudo. Se for tudo bem organizado é mais fácil e produtivo. Vou é ter que seguir tudo à risca.
    Não te preocupes, respondes quando podes, nesta altura do campeonato eu sei como é. Eu também não gostei do Memorial do Convento, mas não foi pela escrita (que gosto e que acho como tu que se lê bem) foi mesmo por ser obrigatória e porque tinha outros livros na prateleira que queria ler e não podia.
    O Finn está sempre a namoriscar com a câmara, faz imenso contacto visual, é uma cena desconcertante.

    Like

Say what's on your mind

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s